Pesquisar este blog

domingo, 31 de janeiro de 2010

Mt 8,18-22

 Missão

O texto oferece instruções para quem quer seguir a Jesus como discípulo, algo para o qual toda pessoa é chamada. Aqui aparecem duas condições. A primeiras é Ter coragem para enfrentar a dureza de vida que \Jesus assumiu como pregador errante, com absoluta pobreza, sem Ter onde reclinar a cabeça. A Segunda, é colocar o interesse pelo reino acima de tudo e de todos e das preocupações pessoais como, por exemplo, enterrar o pai.
Todos são chamados na liberdade. Desses dois, um se ofereceu e Jesus fez a exigência. Outro Jesus chamou mas não sabemos quais se tornaram seguidores. O importante é o apelo feito por Jesus.
A mensagem cristã no evangelho é exigente. O cristão não segue uma doutrina mas uma pessoa. Não se tratar de aceitar um modo de pensar mas uma maneira de viver. Devemos seguir sem medo da insegurança de vida. Há muitas maneiras de seguir. Antigamente se imaginava a vocação mais para padres. Hoje todos são chamados de diversas maneiras.
Uns consagram as suas vidas na vida religiosa; outros se dedicam ao trabalho com os doentes; outros trabalham nas periferias; outros trabalham na educação e animação da fé; outros cuidam da organização do povo em vista de melhores condições; outros fazem o trabalho da catequese.
O mais importante destes trabalhos é que seja um seguir a cristo. O mais importante é que cada pessoa na sua atividade , na sua profissão, sinta-se no caminho para o encontro com Jesus, pois ele mesmo disse ser o Caminho.
Importante lembrar que apesar da divulgação sobre a missão, ela continua sendo uma grande necessidade. A messe ainda continua grande, imensa e com poucos operários e com muita gente completamente desconhecedora da Boa Nova.

Nenhum comentário:

Postar um comentário