Pesquisar este blog

sexta-feira, 6 de maio de 2011

TRANSFERENCIA: FOCANDO A NOTICIA

Presos de Solânea são transferidos para a Penitenciária Regional de Guarabira

Publicado em 6 maio, 2011 // Comente esta notícia As péssimas condições da cadeia pública fizeram com que 49 presos de Solânea fossem transferidos, na manhã desta sexta-feira (6), para a Penitenciária Regional João Bosco Carneiro, instalada em Guarabira.
A ação, comandada pelo secretário da Segurança e Defesa Social do Estado, Cláudio Lima, foi acompanhada pelo juiz Ozenival dos Santos Costa e pelo promotor de justiça Henrique Cândido Morais.
Armou-se um grande cerco, inclusive com o efetivo da PM fechando a rua, para que a locomoção dos presos até o ônibus, cedido pela prefeitura, fosse feita com tranquilidade. A operação começou às 5h e terminou às 11h30.
O diretor do xadrez, Jairo Neves dos Santos, vinha mostrando preocupação não só agora com as infiltrações, mas desde quando foi feita a reforma na gestão do ex-governador Cássio Cunha Lima. “Naquela época eu alertei que o prédio não tinha mais estrutura para funcionar”, recordou, acrescentando que esse pode ser o fim definitivo do presídio.
O risco de o prédio desabar sobre os detentos, conforme mostram com exclusividade as fotos do FOCANDO A NOTÍCIA, levou recentemente uma comitiva de vereadores do município até a Capital para pedir providências ao governador Ricardo Coutinho.
A localização do cárcere, no centro da cidade (rua Cândido de Souza), também tem levantado questionamentos por parte de populares e lideranças políticas da cidade. “O medo para quem mora ao lado ou nas proximidades sempre esteve presente, explicou um dos moradores que preferiu não revelar a identidade”.
Famílias dos detentos
A medida desagradou os familiares, particularmente mães e esposas, que temem pela vida dos filhos e maridos na penitenciária de Guarabira.
Uma senhora, que não quis se identificar, afirmou que seu filho foi ameaçado várias vezes por comparsas que se encontram presos, justamente em Guarabira. “Agora sei que podem matá-lo”, desabafou.
Algumas também reclamaram que não têm condições de visitar seus parentes, mesmo sendo em Guarabira.
O secretário Cláudio Lima disse que entende a preocupação das famílias, mas que a ação era necessária, e que, no momento, o presídio guarabirense é o local mais adequado por ser próximo e facilitar a visita dessas pessoas aos presos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário