Pesquisar este blog

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Motivo da Oração

A grande maioria das pessoas reza a Deus apenas em suas necessidades, assim, a oração é ocasião para pedir. Não podemos nos esquecer das outras dimensões da oração, sobretudo o agradecimento a Deus pela nossa existencia. É verdade que Jesus disse: "Pedi e recebereis." O que não vai acontecer de forma automática. Tudo vai depender do que estamos pedindo e para quem estamos pedindo. Muitas vezes só pensamos em nós, na oração, quando a verdadeira prece, na verdadeira oração sempre rezamos em comunhão por toda igreja e pelo mundo todo.
Outra questão é que rezamos para que Deus possa agir, atuar em nosso lugar. Queremos que Deus faça aquilo que nós devemos fazer.Isso não é possivel pois fere a natureza da nossa criação, pelo livre arbítrio que temos. A oração é sempre para buscar junto a Deus as forças necessárias para, na fé, realizarmos a vontade do Pai. No pós oração deve conter sempre um partir, um seguir, um caminho a percorrer. É assim que termina a missa:"Ide"! Ninguem reza que ficar de braços cruzados. Toda oração supões uma ação; toda ação supõe uma oração.
Nós nos lembramos da oração de Jesus antes da paixão: "Pai, se possivel, afaste de mim este cálice, não seja no entanto a minha vontade mas a Tua." Esta deve ser a dinâmica de nossa vida orante; uma entrega total, como servos e servas do Senhor. Vejamos, então, que rezar vedadeirammente é dar a propria vida na busca da vontade de Deus.
pebosco

Nenhum comentário:

Postar um comentário