Pesquisar este blog

domingo, 29 de março de 2015

AGUA

A falta da água


É do nosso conhecimento e convencimento de que não podemos sobreviver sem a água. Nela somos gerados, dela se compõe o nosso corpo e dela nos mantemos. Podemos ate nos alimentar menos desde que possamos ingerir bastante liquido. A humanidade tem conhecimento de que a vida está ameaçada se a agua chegar a faltar no planeta. Os dados já nos indicam que a mesma se encontra bastante escassa.
A cidade de São Paulo, o mais importante centro populacional e financeiro do país se encontra diante de uma forte ameaça de falta de água. A cidade cresceu financeiramente, se tronou gigante, mas quem a governou nos últimos anos, não imaginou que a cidade seria tomada de surpresa, isto é, sem água.
‘’São Paulo enfrenta uma das maiores secas de sua história. A ausência de chuva, que atinge o Sistema Cantareira, também chega aos bairros da capital paulista e se estende a várias cidades do Estado, assim como a falta de água que já é uma realidade na casa de muitos moradores’’.
Um pedido na internet:
‘’Registrou algum local em São Paulo onde ocorre seca? Envie sua foto para nós! Pode ser de vegetações, rios ou até mesmo do jardim do seu bairro’’.
Previsão para 2015:
‘’ A seca em São Paulo deve continuar em 2015, desta vez associada também ao desenvolvimento do fenômeno El Niño, afirmou ao jornal "O Estado de S. Paulo" o secretário-geral adjunto da Organização Mundial de Meteorologia (OMM), Jeremiah Lengoasa.
Quando a gente vê os males, pensa que eles só acontecem com os outros. Assim as outras regiões do Brasil só viam a seca como uma espécie de castigo para o Nordeste e seu povo.
Caso a chuva não chegue abundantemente a população de São Paulo vai passar por um grande sofrimento sem ter a experiência do povo do semiárido e do sertão nordestino. Mesmo que chova terá que haver um grande investimento para garantir o abastecimento da água nos anos futuros.
Os que defendiam a transposição das águas do Rio São Francisco se calaram. Parece que desistiram da ideia salvadora do nordeste. Estamos acompanhando a situação do Velho Chico que está morrendo. De sua nascente já não surge mais agua, está seca. Ao longo dos muitos quilômetros a água está muito reduzida e até desaparecida em algumas regiões. Onde havia o uso de barcos agora não é mais possível com o baixo nível das águas. Tendência: cada vez ficará mais grave a situação, pois lhe faltarão os cuidados necessários.
Ainda que o mesmo estivesse em plenas condições de vida, ainda não seria recomendado o desvio de água em grandes proporções. Pela escassez de água que se vive no Brasil, a solução é produzi-la e não desvia-la. Portanto, a solução é criar ambientes para a captação das águas por ocasião dos anos chuvosos que se alternam com os anos de pouca chuva ao longo da historia.
Vamos apelar e desejar tempos melhores para todo o nosso planeta e que as aguas sejam suficientes. Para que isso aconteça, no entanto, é necessário preservá-la e não desperdiça-la.


Nenhum comentário:

Postar um comentário