Pesquisar este blog

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Oração

A difusão do pentecostalismo tanto catolico como protestante divulgou  uma prática de oração totalmente distanciada das fontes bíblicas e cristãs. Hoje rezar é exteriorizar sentimentos, gritar o mais que se pode como se Deus fosse um surdo. E o silencio? Mais que isso, rezar é fazer com que Deus resolva nossos problemas: as doenças, o desemprego, as questões financeiras, os problemas afetivos, uma verdadeira heresia sobre Deus e suas manifestações em nossas vidas.
É necessário ouvir o mestre Ignacio Larrañaga que diz:" A oração é a relação de dois amantes. É um diálogo de amor que nem sempre precisa de palavras,pois é o encontro de interioridades". Quem tiver ouvidos, como dizia Jesus, para ouvir, que ouça.! Nem sempre se pode dizer que se está rezando, ou não?

Nenhum comentário:

Postar um comentário