Pesquisar este blog

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Corrupção

Corrupção
 
 
Uma das palavras mais citadas no Brasil, em nossos dias se chama corrupção. Tenha-se ou não conhecimento sobre seu conteúdo e significado, a mesma faz parte de todas as rodas de conversas e também na grande mídia.
Optei por fazer uma pequena pesquisa para compreender em que consiste essa temática e encontrei algo que revela práticas corruptas:
* Favorecer alguém prejudicando outros.
* Aceitar e solicitar recursos financeiros para obter um determinado serviço público, retirada de multas ou em licitações favorecer determinada empresa.
* Desviar verbas públicas, dinheiro destinado para um fim público e canalizado para as pessoas responsáveis pela obra.
* Até mesmo desviar recursos de um condomínio. 
Parece provável que a palavra mais utilizada para falar dessa mesma realidade seja honestidade, confiança. Quando isso não existe, a realidade passa a ser de corrupção.
Houve um período em nosso país que se usava o verbo “malufar” para se referir a comportamentos relacionados a essas práticas. É curioso que não exista nenhum país que tenha ausência total de corrupção. Isso nos leva a crê que quem administra os recursos públicos não consegue viver com total liberdade e isenção uma vez que a administração de modo geral é fundamentada em princípios obscuros.
Dizem, em tom de brincadeira, que no Brasil, apenas um governador não pode reclamar de corrupção. Trata-se de Tome de Sousa, o primeiro governador geral do Brasil. Sua sorte foi não encontrar um antecessor. A partir de então, a situação mais ou menos, tem sido a mesma.
Hoje a corrupção está visível em Brasília com a questão da Petrobras. Isso não significa que a mesma não esteja presente em todos os recantos dos estados e municípios do país. Para muitos, talvez, seja benéfico que ela apareça assim com um foco único. Assim se desvia o olhar das demais realidades.
A corrupção, além de ser uma prática criminosa, sacrifica os mais pobres da sociedade, uma vez que os recursos destinados para a saúde, a educação, a moradia, são desviados dos seus próprios destinos.
Diante dessa realidade, o Ministério Público Federal está apresentando um Projeto de Lei de Iniciativa Popular com 10 medidas contra a corrupção.
1)      PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO, TRANSPARÊNCIA E PROTEÇÃO À FONTE DE INFORMAÇÃO;
2)      CRIMINALIZAÇÃO DO ENRIQUECIMENTO ILÍCITO DE AGENTES PÚBLICOS;
3)      AUMENTO DAS PENAS E CRIME HEDIONDO PARA CORRUPÇÃO DE ALTOS VALORES;
4)      AUMENTO DA EFICIÊNCIA E DA JUSTIÇA DOS RECURSOS NO PROCESSO PENAL;
5)      CELERIDADE NAS AÇÕES DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA;
6)      REFORMA NO SISTEMA DE PRESCRIÇÃO PENAL;
7)      AJUSTES NAS NULIDADES PENAIS;
8)      RESPONSABILIZAÇÃO DOS PARTIDOS POLÍTICOS E CRIMINALIZAÇÃO DO CAIXA 2;
9)      PRISÃO PREVENTIVA PARA ASSEGURAR A DEVOLUÇÃO DO DINHEIRO DESVIADO;
10)  RECUPERAÇÃO DO LUCRO DERIVADO DO CRIME;
Participar do processo de assinaturas significa dizer que não estamos de acordo que nos tirem os recursos que pertencem a todos. Vamos colaborar assinando a LISTA DE APOIAMENTO.
 
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário